MOSTRA INTERNACIONAL LUZ DEL FUEGO


Vem ver meus trabalhos que compõem essa exposição!

 

Essa foi uma das minhas fotos selecionadas para compor a mostra Internacional Luz del Fuego de mulheres brasileiras na fotografia.

Eu posso dizer que essa foi a foto da minha vida.

Eu fiz ela em 2010 quando fui com minha mãe visitar minha cidade natal, a Chapada dos Guimarães.

Essa viagem foi muito especial, porque era a primeira vez que eu visitava o Cerrado desde que tinha mudado para o Sul, quando ainda era criança.

Essa mudança de Estado aconteceu pouco depois de eu ter feito a minha primeira fotografia no Festival de Inverno da Chapada.

Nós nos hospedamos na casa de uma amiga da minha mãe, e foi no jardim desta casa, em um fim de tarde que eu fiz essa foto.

Minha mãe contou que essa era a Marta, uma mulher que era amiga dessa amiga dela, mas que infelizmente se envolveu com drogas muito cedo e a vida acabou tomando um rumo não muito bom.

A Marta estava ali, para lavar suas roupas na casa da amiga, porque não tinha um local próprio para fazer isso.

Foi então, que entre uma conversa e outra com a Marta, eu vi a luz do por do sol refletindo nela e formando essa cena linda demais. Ela estava linda demais, e naquele instante eu pude ver no olhar dela, muitas cicatrizes e dores da vida. Mas antes de fazer essa, que é a foto, surgiram alguns sorrisos e posso dizer que até um respiro de todo o sofrimento, ao menos naquele momento.

Foi emocionante demais fazer esse registro e conhecer um pouco mais a história dessa mulher. Marcou a minha visita à Chapada e a minha relação com a fotografia de uma maneira singular.

Nessa época eu ainda sabia pouco sobre fotografia, sobre a vida e sobre mim mesma.

Hoje sei um tiquinho a mais, mas estou nesse processo que ainda bem, sempre tem muito para aprender e evoluir.

Hoje ela faz parte de uma Mostra Internacional e isso me deixa radiante, ver que a minha arte chegou até aqui 🌊💙✨

Essa foto tem uma memória muito importante para mim.

Esse foi um fim de semana com a minha família. Esses momentos sempre foram muito divertidos e especiais para mim.

Eu saía com a câmera na mão fotografando o que eu estava vivendo ali com eles.

Essa é a minha Vó, lendo um livrinho e rindo de alguma história engraçada que meu primo Davi contou pra ela.

Essa foto ganhou até concurso em 2013, do Festival Litercultura de Curitiba.

Agora olha só ela de novo, quase 10 anos depois compondo meu trabalho na Mostra Internacional Luz Del fuego.

Eu fico muito feliz de saber que uma memória tão importante da minha vida virou arte.

No natal de 2013 eu participei de uma ação em uma comunidade próxima a Curitiba, me voluntariei a fotografar aquele dia e dar um registro especial daquele momento para as crianças.

Foi algo muito importante pra mim, poder levar um pouquinho de felicidade e amor pra eles com a fotografia. Estar ali me trouxe muita felicidade e amor também.

Eu chamei essa foto de Equilíbrio e foi um pedacinho do que eu vi e senti naquele dia.

Hoje ela faz parte de uma Mostra Internacional e isso me deixa radiante com os caminhos que o meu trabalho tem percorrido para chegar até aqui 🌊💙

A mostra fica disponível até o dia 1º de março de 2022, no site luzdelfuego.com e também pode ser encontrada nas ruas das cidades de Cachoeiro de Itapemirim e de Buenos Aires (Argentina).


A Mostra Internacional Luz del Fuego de Mulheres Brasileiras na Fotografia é um projeto que com o apoio do Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), selecionado no edital 026/2019.


Me conta aqui nos comentários o que você achou 🌊💙